Versace se inspira em São Paulo pra criar bolsa estampada. Veja!

Versace se inspira em São Paulo (Foto: Divulgação)Versace se inspira na Estação de Luz e o monumento Mão, do Niemeyer,  pra estampar a bolsa Palazzo Empire da maison (Foto: Divulgação)

Palazzo Empire, bolsa desejo da Versace, ganhou duas estampas inspiradas em atrações turísticas de São Paulo – a Estação da Luz e o monumento Mão, criado por Oscar Niemeyer, localizado no Memorial da América Latina. 

Projeto 7 bolsas 7 cidades da Versace (Foto: Divulgação)Projeto 7 Bolsas para 7 Cidades da Versace (Foto: Divulgação)

O projeto 7 Bags for 7 Cities (sete bolsas para sete cidades) começou em março de 2016, quando a maison criou um concurso cultural convidando clientes pra enviarem em um hotsite imagens do que consideravam icônico em suas cidades. Além de São Paulo, Pequim, Hong Kong, Milão, Nova Iorque, Paris e Tóquio foram selecionadas como inspiração.


Legal, né? São dez bolsas numeradas para cada modelo (quanta exclusividade!), disponíveis em lojas selecionadas da marca a partir de setembro. A versão brasileira tem no shopping Iguatemi, em São Paulo.


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Dossiê: Saiba para que serve cada tipo de máscara facial

Saiba para que serve cada tipo de máscara (Foto: Think Stock)Saiba para que serve cada tipo de máscara (Foto: Think Stock)

As máscara faciais sempre foram aliadas da beleza. Mas você sabe para que serve cada uma? Antes de comprar, aprenda sobre princípios ativos utilizados, em geral, neste tipo de produto. A esteticista e cosmetóloga, Roseli Siqueira, explica as funções:


Flores: ajuda a combater rugas e flacidez. Uma aliada também no caso de manchas.


Abóbora: aumenta a resistência natural da pele. Se usada diariamente antes de se expor ao sol, a pele fica dourada.


Ouro: partículas de ouro 24 quilates são usadas na hidratação e revitalização da pele. Elas contribuem para a firmeza e suavizar as linhas de expressão, conferindo ainda sensação de bem-estar.


Prata: quando usada em máscara facial, revigora a pele de dentro para fora, trabalhando a circulação interna e levando ao rejuvenescimento. A máscara de prata é tão poderosa que pode ser usada para cuidar das manchas.


Chocolate: ontém fenóis de cacau que ajudam na desintoxicação da pele, melhorando as olheiras. Diminui o cansaço da pele, devolvendo o viço e o brilho, conferindo efeito tensor.


Argila: as cores da argila também têm influência para pele, mas toda argila vai secar e ser tensoativo. A pele muito seca, ao receber o produto em questão, pode realmente ressecar mais. Então o indicado é usar um óleo depois. Dependendo da cor, ela tem uma função diferente para pele e ativos distintos.
Verde- é mais secativa, ou seja, ajuda a secar a acne e é bactericida.
Branca – estabiliza o PH da pele, mas não tira as manchas, como muitos acreditam.
Rosa – é estimulante e não resseca tanto a pele.
Amarela – indicada para pele seca, é rica em silício e estimulante.
Negra – ajuda na revitalização da pele, mas com a proposta de melhorar mais a circulação.
Marrom – vai agir para acne, que tem poder mais secativo na pele.

Oções de máscaras para sua pele (Foto: Divulgação)Oções de máscaras para sua pele (Foto: Divulgação)

1. Masque eclat express argile rouge, Sisley, R$ 545
2. Máscara Facial Equilíbrio Aromacologia, Loccitane En Provence, R$ 72
3. Antirougeurs Calm máscara calmante reparadora, Avène, R$ 77
4. Máscara facial com extratos de flores, Roseli Siqueira, R$ 315


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Alicia Kuczman: “Voltei a ser modelo após ser excluída por um problema de saúde”

Alicia Kuczman, 23 anos (Foto: Divulgação)Alicia Kuczman, 23 anos (Foto: Divulgação)

“Nasci em Cascavel, cidade de 300 mil habitantes no Paraná. Minhas lembranças do passado não se parecem nada com as típicas de quem cresce no interior. Apesar de adorar estudar, detestava ir ao colégio. Só tirava notas altas, mas não tinha amigos. Andava pelos corredores com um livro aberto cobrindo o rosto. Eu era diferente e sofria agressões por causa disso. O auge foi a comunidade dedicada a mim no Orkut. ‘O que você faria se a Alicia estivesse se afogando?’ era a pergunta de uma enquete. As opções eram ‘Cuspia nela’, ‘Chutava’, e por aí vai. A última alternativa era de longe a mais clicada: ‘Todas as anteriores’.


Chorava para não ir ao colégio, mas minha mãe trabalhava num hospital, como assistente social, e ficar em casa com meu pai, Osvaldo, 57, era outro pesadelo. Ele é um engenheiro inteligentíssimo, porém bipolar. Minha memória mais longínqua é de ele me batendo sem motivo. Tinha só 3 anos e sabia que não havia feito nada para merecer aquela surra. A cena se repetia a cada vez que ele mudava de humor com ataques físicos ou verbais. Ele me chamava de burra, dizia que eu não ia dar em nada, me mandava parar de importuná-lo com a minha ‘voz de taquara rachada’. Minha mãe, Herta, 54, passava a maior parte do dia fora e, na maioria das vezes, não presenciava nada. Quando meu irmão, Vinícius, três anos mais novo, e eu contávamos a ela o que havia acontecido, ela explicava que aquilo era reflexo da doença psicológica de meu pai. Mas, para mim, não era desculpa. Só eu sabia o que passava.


A forma que encontrei de me proteger foi criar meu próprio mundo. Minha diversão era costurar e bordar as roupas que inventava. Aos 11 anos, comprei uma pilha de revistas de moda num sebo e forrei as paredes do meu quarto com minhas preferidas. Sonhava um dia me ver estampada em uma página daquelas, embora não me achasse bonita o suficiente para estar ali. Mesmo com pouco mais de 50 quilos distribuí­dos em 1,77 metro de altura, cabelos louros levemente ondulados e olhos azuis.


Aos 12, me matriculei num curso de corte e costura para fazer peças mais elaboradas, como a calça de cintura alta que ainda não havia chegado à cidade. Cheguei a pensar que poderia ter uma marca. Assim, entraria no fascinante mundo da moda. De tanto falar no assunto, convenci minha mãe a me acompanhar em pequenos testes de modelo que apareciam em Cascavel. ‘Você é muito pequena’, diziam. ‘Ainda não está na idade.’ Eu insistia, insistia, e ela acabava me levando de novo e de novo ouvindo que ainda não estava pronta para ‘modelar’.


Em uma tarde de 2009, descobri que estavam convocando meninas em Cascavel para uma seleção. As escolhidas iriam a Florianópolis se apresentar para agências de São Paulo em busca de new faces. Minha mãe conseguiu uma brecha no trabalho e me acompanhou no teste. Fiquei eufórica quando o booker nos chamou de canto. ‘Essa menina tem tudo para acontecer’, disse a ela. ‘Precisa ir para Florianópolis.’ Pela primeira vez, achei que meu sonho poderia virar realidade. A coisa que mais queria na vida era sair daquela cidade. Mas ainda havia um problema: não tínhamos dinheiro para viajar. Apesar de nunca ter faltado nada em nossa casa, vivíamos com tudo muito contado. Mas o pessoal da agência queria tanto que eu participasse daquela seleção que conseguiu um desconto e nós fomos.

Aos 3 anos, meu pai me espancava sem motivo”


Embarquei com minha mãe para Santa Catarina num ônibus lotado de meninas altas, bonitas e cheias de sonhos. Ficamos hospedadas no mesmo hotel onde o teste aconteceu. No grande dia, conversei com cada um dos agentes, enfileirados atrás de uma mesa comprida. Eram muitos, algum haveria de me escolher. Levei um susto quando soube que quase todos queriam trabalhar comigo, a dificuldade agora era decidir por um só. Três meses depois, com 16 anos, estava trabalhando na extinta Lumière, morando em São Paulo num apartamento da agência com outras 11 garotas – nenhuma das que foram comigo para Florianópolis. Durante um ano e meio, participei de castings e mais castings, mas pouca coisa acontecia. Sem dinheiro, me alimentava de bolachas e croissant de pacote, até papel higiênico tive de pedir emprestado. Já estava com tudo pronto para pegar o caminho de Cascavel e abandonar a (tentativa de) carreira, quando fui fazer meu último trabalho, um lookbook de uma marca de roupas.


Durante o shooting, o maquiador e o fotógrafo me chamaram para conversar. ‘Você tem de mudar de agência’, disseram. Ligaram para a Way (a mesma de Carol Trentini e Alessandra Ambrósio) e me indicaram. Desde a semana em que pisei ali, nunca mais parei de trabalhar. Um mês depois, fui a recordista de desfiles do Fashion Rio e segui para as semanas de moda de Nova York, Milão e Paris. Minha vida agora era pelo mundo. Foi durante um ensaio de moda que conheci o diretor de cinema Marcos Mello, 35. No último dia de trabalho, ele, que estava capturando imagens em vídeo, me pediu para dançar em frente à câmera. ‘Tu acabas de ganhar um marido’, disse no fim. Saímos dois dias depois e, desde então, não desgrudamos mais. Isso já faz quatro anos e meio. A vida parecia muito melhor do que eu havia imaginado.

Alicia Kuczman (Foto: Reprodução/Instagram)Alicia Kuczman (Foto: Reprodução/Instagram)

Nas poucas vezes que voltava a Cascavel, duas por ano, olhava aqueles paredes cobertas por revistas e achava graça. ‘Trabalhei com aquela ali’, dizia para minha mãe. ‘Essa que está perto da porta ficou minha amiga’, mostrava outra. Ela vibrava com minha felicidade. Diferentemente do meu pai, que continuava me atacando nas crises e não se conformava de eu ter parado de estudar no fim do ensino fundamental.

Não tinha dinheiro. Me alimentava de bolachas”


Nos dois anos seguintes, fiz sucesso, ganhei dinheiro. Morava em um apartamento alugado em Nova York, vivia para lá e para cá. Trabalhava até 36 horas seguidas com a maior disposição. Fiz campanhas para Osklen e Alexandre Herchcovitch, posei para as principais revistas do mercado – Marie Claire entre elas. Era uma vida cansativa, mas eu não tinha do que reclamar. Em meados de 2013, me percebi inchada pela primeira vez. No corpo e principalmente no rosto. Mas não liguei. Como tomava um remédio regular para meu hipotireoidismo [inflamação da tireoide, glândula que, entre outras coisas, controla o metabolismo] desde os 11 anos, achei que era uma disfunção passageira. Mas um dia, aterrissando em Nova York, comecei a sentir dores absurdas do lado direito da barriga. Por sorte, Marcos estava comigo e me levou correndo para o hospital. Fizeram milhões de exames e não descobriram nada. Tomei uma, duas, cinco doses de morfina e continuava urrando, com o corpo contorcido e vomitando bílis sem parar. Horas depois, descobriram: estava com um cisto de 6 centímetros no ovário, que gerou um deslocamento do órgão – até hoje não confirmaram se a doença tem relação com a tireoide, mas acredito que sim. Os médicos disseram que precisavam operar às pressas e não podiam garantir que o ovário seria salvo.

Me achavam magra demais. Perdi trabalhos”


A cirurgia foi um sucesso, mas minha barriga ficou inchada por duas semanas. Tinha vários contratos fechados no Brasil e todos foram cancelados. Ninguém podia esperar por mim. A dor passou, mas fiquei oito meses sem menstruar. Mesmo assim, não voltei logo ao médico. Displicência minha que teve graves consequências. Em abril de 2014, fui passar dois meses na Austrália a trabalho. Apesar de feliz, me sentia fisicamente esquisita. Vivia com fome, comia loucamente e emagrecia sem parar. Minha calma habitual foi substituída por acessos de irritação incontroláveis. Durante esse período, não fiz nenhum trabalho. Meu agente dizia que o mercado estava me achando magra demais. Havia acabado de acontecer um caso de anorexia na Semana de Moda de Sydney que ganhou repercussão na imprensa e, definitivamente, eu estava fora dos padrões. Na mesma época, comecei a adoecer por qualquer coisinha. Tomava um vento, tinha sinusite. Esfriava, ficava gripada. Ainda comia um quilo de castanhas por dia e raramente dormia mais de três horas por noite. Só apagava quando meu corpo não aguentava mais de exaustão.


De volta ao Brasil, tive um ataque de pânico no meio de uma sessão de fotos. Os termômetros cariocas marcavam 30 graus e eu tremia de frio no estúdio. Pedi uma pausa, mas a situação só piorava. Os músculos do meu corpo começaram a ter contrações involuntárias. A stylist conseguiu uma bacia de água quente e mandou que botasse os pés lá dentro. No mesmo minuto, meu corpo desarmou, como se derretesse. Era só o primeiro de outros tantos ataques de pânico que viriam em seguida. Nem sei de onde tirei forças, mas consegui terminar o trabalho. O cliente era antigo e pareceu compreender a situação. Mas nunca mais me chamou para nada.


Finalmente marquei um médico, que pediu exames de sangue. O resultado foi alarmante: meu TSH [hormônio que estimula a tireoide] estava tão baixo que era indetectável. Estava com hipertireoidismo, disfunção na tireoide oposta à que tinha antes que, em vez de desacelerar o metabolismo, deixa-o extremamente acelerado. Os sintomas já sabia de cor: perda de peso, sudorese, depressão, pele ressecada, unhas e cabelos fracos, que caíam em tufos cada vez que me penteava. Desesperada, passei por oito endocrinologistas em um intervalo de um ano e meio. Os primeiros me mandaram tomar Rivotril ‘para não incomodar ninguém’. Outros, dependendo do dia em que ia visitá-los, receitavam remédios para perder ou aumentar o apetite. Em uma semana, chorava sem parar e não conseguia pregar o olho. Na seguinte, ficava absolutamente apática. Nesse perío­do, meu peso chegou a ter variações de 7 quilos em sete dias. ‘Alicia embuchou’, diziam pelas costas. ‘Cresceu e ficou gorda.’ Ninguém me chamava mais para nada.

Meu corpo parecia derreter. Era um ataque de pânico”


Sozinha, observei meu corpo e descobri que o inchaço ficava controlado se alternasse a dose do remédio. Até que finalmente encontrei uma médica que me ouviu com paciência e decidiu aprofundar o tratamento. Foram oito meses em que continuei engordando e emagrecendo rapidamente – sem contar outros efeitos horríveis, como taquicardia (não podia andar depressa nem fazer sexo) –, mas a doutora Carolina Mergulhão finalmente conseguiu ajustar a dosagem do medicamento. Numa ida a Cascavel, tive uma crise de ansiedade e corri para a sala em busca de ajuda. Meu pai estava lá sozinho e não tive outro jeito a não ser pedir socorro a ele. ‘Acho que vou morrer’, disse. ‘Posso deitar no seu colo?’ Ele fez um sinal positivo com a cabeça e me aconcheguei em suas pernas. Ninguém disse nada. Não precisava. Dias depois, ele falou pela primeira vez que me amava. Aos poucos, voltei a dormir, trabalhar, viver. Hoje, reconheço
minha força e o poder de transformação que carrego em mim. E quando me dizem: ‘Como você está magra, ‘Como está linda’, respondo prontamente: ‘Regulei a tireoide’. Simples assim.”


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

No ar em “Justiça”, Jéssica Ellen diz que chora assistindo à série

“Às vezes, tento twittar durante a série, mas é difícil porque eu me emociono muito”, disse Jéssica Ellen (Foto: Divulgação)

Aos 13 anos, Jéssica Ellen começou a fazer teatro no projeto social Revivarte. Foi quando se apaixonou pela profissão de atriz e decidiu que gostaria de seguir carreira. “Achei muito mágico poder ser outra pessoa completamente diferente de mim. Isso me encantou muito. Decidi que queria ser atriz e fiquei com isso na cabeça”, contou.


Foi então que decidiu cursar faculdade de teatro, onde uma amiga sugeriu que ela tentasse trabalhar na TV Globo. “Eu nem sabia como funcionava. Ela passou o meu contato pra uma produtora de elenco que me chamou pra ir no Projac bater um papo, fazer o cadastro”. Seu primeiro papel na TV foi em “Malhação”. “Depois, ela fez as novelas “Geração Brasil” e “Totalmente Demais”.


Agora, aos 24, ela vive o papel de mais destaque na sua carreira: a Rose de “Justiça”. Na trama, a personagem de Jéssica passa por situações de preconceito descarado. Numa delas, ela e sua amiga Débora [Luisa Arraes] vão a um restaurante e, quando Rose pede uma mesa, a recepcionista mente e diz que estão todas ocupadas. Na história principal da personagem, elas vão a um luau comemorar que foram aprovados no vestibular de jornalismo e compram drogas. As duas são surpreendidas por policial que libera sua colega, que é branca, mas revista Rose. A droga que estava escondida acaba caindo e ela é detida e fica presa por sete anos.

Em Em “Justiça”, Jéssica vive Rose e Luisa Arraes é Débora (Foto: Divulgação/TVGlobo)

A atriz disse que nunca sofreu racismo como a personagem. “Diferente dos Estados Unidos, o racismo no Brasil é meio gelado, meio entre as coxas, então tem situações que eu falo: ‘será que foi?’ Mas ai já passou, eu não percebo muito. Da forma que acontece aqui no país acho que acaba te deixando meio na dúvida. Eu, por exemplo, nunca passei por uma situação como a da Rose de chegar num lugar e ser barrada. Isso nunca. Mas na escola eu era zoada pelo meu cabelo, fui a última a namorar… Eu era sempre a menina legal, mas nunca considerada a bonita. Esse tipo de coisa que hoje eu entendo que sofri racismo.”


Rose também se sente traída pela amiga, que acaba não ajudando ela durante a situação. Jéssica contou que nunca sofreu decepção com amizades. “Eu me dou muito com meu amigos. Os próximos sabem que eu tiro a roupa do corpo pra dar pra eles.” Ao sair da prisão, ela perdoa Débora. A atriz, porém, acredita que não agiria da mesma forma. “Sou geminiana, sou legal, mas meu ascendente é escorpião [risos]. Então não pisa no meu calo, sabe? Acho que não perdoaria, não. Não conseguia ver um amigo passando por alguma dificuldade ou fazendo alguma besteira e não ajudar”, disse. “Mas ao mesmo tempo, a Rose estava consumindo droga, então acho que ela também carrega essa responsabilidade de estar fazendo alguma coisa errada.”


EMOÇÃO DENTRO E FORA DE CENA
As cenas de Jéssica têm grande carga emocional e atriz disse que se entregou totalmente ao papel. “O Chico Accioly [preparador de elenco] e os diretores falam que eu sou muito entregue. Acho que existe um momento que o ator transcende, atravessa a televisão e toca as pessoas. Pra mim foi superemocionante. Na cena em que a Rose é presa, teve um momento que eu tive que parar pra repor mais água porque chorei tanto que estava desidratada já”, contou. “Nesse processo todo de Justiça, eu saí muito pouco pra curtir com meus amigos porque você doa muita energia, então precisa recarregá-las, ficar quietinha no seu canto.”


O choro, porém, não é só quando Jéssica está em cena. A atriz afirma que não consegue se conter quando assiste aos espisódios “Às vezes, tento twittar durante a série, mas é difícil porque me emociono muito. É uma mão limpando o choro e a outra tentando escrever [risos].


Jéssica acredita que as pessoas a enxergarão como uma pessoa e atriz mais madura depois desse papel. “A Rose foi um grande presente pra eu mostrar um lado mais mulher da Jéssica, porque até então ela era uma menina bonita, feliz e alegre. E a Rose está mostrando outros lados, até do meu trabalho.”


1ª CENA DE NUDEZ
Na série Rose protagonizou uma cena de sexo com Celso, personagem de Vladimir Brichta. Foi a primeira vez que a atriz fez uma cena de nudez. Ela contou que estava mais nervosa antes do que  a gravação. “Estava supernervosa porque a gente tem medo do novo, né, todo mundo tem medo de algo que não conhece”, afirmou. “O set fica reduzido pra não ter nenhum tipo de desconforto. E eu fiquei muito impressionada de como é técnico. O diretor falava: ‘Jéssica, com a mão direita arranha o ombro esquerdo do Vladimir. Agora levanta o pescoço e abre a boca.’ Tudo foi muito coreografado, então durante a cena foi supertranquilo, rápido, e o Vladimir é um ótimo parceiro de cena. O resultado ficou superbonito.”

Jéssica protagonizou sua primeira cena nu com Vladimir Brichta (Foto: Reprodução/GShow)Jéssica protagonizou sua primeira cena nu com Vladimir Brichta (Foto: Reprodução/GShow)

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Batom de glitter: maquiadora ensina a adotar a nova tendência

Boca de glitter no desfile da Versace (Foto: Imaxtree)Boca de glitter no desfile da Versace (Foto: Imaxtree)

Se os lábios matte dominaram o mundo da beleza por muitos – e muitos – anos, 2016 é a prova de que as coisas podem, sim, mudar para extremos. As últimas temporadas de moda conseguiram colocar à prova a dominância do visual opaco e trazem à tona o brilho, principalmente na boca.


A Versace, em seu mais recente desfile de alta costura, para a temporada de inverno 2016, foi quem deu o start na tendência. As modelos desfilaram para a marca com a boca inteira coberta de glitter, combinando com batons em um tom forte de vermelho, quase vinho.


O make, aliás, foi desenvolvido pela maquiadora Pat McGrath, uma das mais famosas do ramo, e que lançou recentemente um lipkit, isto é, um kit de produtos para lábios, que conta com a novidade – e promete ser uma verdadeira sensação.


Ao que tudo indica, a moda já está pegando, tanto que Naomi Campbell esteve na última edição do VMA, o Video Music Awards, com os lábios vermelhos e muito brilhantes, uma cortesia da linha de produtos da própria maquiadora.

Naomi Campbell com a boca de glitter no VMA (Foto: Getty Images)Naomi Campbell com a boca de glitter no VMA (Foto: Getty Images)

Tatá Lima, maquiadora do Salão Yvonne de São Paulo, explica que a boca de glitter, ao contrário do que se imagina, pode sim ser usada em qualquer momento do dia ou da noite. A questão é, justamente, a quantidade de glitter que você aplica nos lábios e a tonalidade.


“Para fazer é fácil, basta aplicar o batom de sua preferência e adicionar uma camada de glitter dourado, da mesma cor do batom ou até fruta-cor”, explica a profissional. Para fixar, uma ideia é investir em um gloss translúcido. Mas fica o alerta: é preciso aplicar uma camada bem fina para que a boca não fique over e o glitter escorra dos lábios. Basta o suficiente para o brilho grudar na boca.


O glitter pode ser aplicado nos lábios inteiros, mas Tatá dá uma dica para quem curte apenas realçar a área e dar a sensação de mais volume: aplicar uma camada de glitter apenas no centro da boca.


É de se imaginar também que aplicar o glitter faça sujeira – e como! – por isso, tenha em mãos um pedaço de durex ou fita crepe. Pode parecer um truque amador, mas, na verdade, ele é infalível para tirar o brilho do resto do rosto. Use um pedaço para aplicar e retirar delicadamente da pele onde os brilhos estão.


Uma das maiores dúvidas de quem quer adotar o look é a durabilidade – afinal, é fato que o glitter vai ficar por onde a sua boca passar –, mas até para isso Tatá tem a solução: “É sempre bom aplicar base nos lábios para fixar melhor o batom, assim seu look durará ainda mais”, diz.


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Cabelos: Experts ensinam 3 maneiras de modelar os cachos de forma natural

Gisele Bündchen e suas ondas desejadas (Foto: Getty Images)Gisele Bündchen e suas ondas desejadas (Foto: Getty Images)

O look do momento pede movimento, textura e cachos soltos. Para pegar essa onda, se você não tem aquela cabeleira de diva, apele para o babyliss, bucles e hashis. Para quem tem uma ondulação natural, a dica é soltar bem os cachos, para que os fios não fiquem parecendo molinhas. Há muitas técnicas e produtos para ajudar a cachear os cabelos. Veja as dicas dos experts em ondulados. 


1. Aplique uma loção definidora de cachos, divida o cabelo em quatro seções e torça uma a uma, usando o secador enquanto torce cada seção. Depois, solte e defina as mechas com as mãos, amassando e dando forma. Mas, antes de aplicar um produto de definição de cachos, é importante tirar 70% da água dos fios. Essa secagem pode ser tanto com a toalha quanto com o secador. Dica de Claus Borges, Artista Redken e hairstylist do Salão 1838, em São Paulo.


2. Um truque para definir os cachos: em vez dos dedos, usar hashis, aqueles palitinhos para comida japonesa, para dar movimento aos fios, sem perder a leveza. Mas para os cabelos em processo de crescimento, com aquele aspecto liso nas pontas e ondulado na raiz, o babyliss funciona melhor. Cachos feitos detrás para frente em diagonal dão aquele efeito Gisele Bündchen. Dica de Claus Borges, Artista Redken e hairstylist do Salão 1838, em São Paulo.


3. Uma técnica simples para cachear sem babyliss: enrolar mecha a mecha em uma escova de cabo longo e posicionar o secador sobre cada uma, de modo a deixar o cacho definido pelo calor. Mas, sem dúvida, o jeito mais fácil é apelar para o babyliss. Prefira o aparelho médio, que faz cachos nem muito abertos, nem tão fechados, como o look de Gisele Bündchen. Dica de Sandro Cassolari, do salão Cassolari’s, em São Paulo.


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Com medalha de ouro, atleta queniana consegue luz elétrica a sua vila

A queniana Faith Chepng’etich comemora medalha de ouro nas Olimpíadas do Rio (Foto: Getty Images)A queniana Faith Chepng’etich comemora medalha de ouro nas Olimpíadas do Rio (Foto: Getty Images)

Quando a atleta queniana Faith Chepng’etich cruzou a linha de chegada da prova dos 1.500 metros femininos, durante as Olimpíadas do Rio, ela não imaginou que estaria possibilitando ali uma grande conquista também para os moradores de sua vila.


Desde 1980, o povoado onde vive com sua família está nas trevas. Mas graças a sua medalha de ouro, tudo mudou – a energia finalmente chegou ao local. Fato que ela só poderá ver de perto nesta sexta (02), quando desembarca de volta ao seu país natal.


A mudança aconteceu, momentos depois de sua vitória, no dia 17 de agosto, quando seu pai Samuel Koech Kipyegon escreveu uma carta ao presidente Uhuru Kenyatta pedindo que pudesse ter acesso à eletricidade para que todos tenham a chance de assistir às próximas vitórias de Faith.
O pedido foi prontamente atendido e as luzes da Vila Ndabibit chegaram em nove dias.


“Agradeço a Deus por ter me dado uma filha maravilhosa, que transformou nossa vila. Rezo todos os dias por sua força e saúde para que possa conquistar mais medalhas para o Quênia”, disse o pai da atleta ao site Daily Nation.


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Tais Araújo e Lázaro Ramos brilham com looks Gucci

Thais e Lázaro (Foto: Divulgação)Tais e Lázaro (Foto: Divulgação)

Nanoite desta segunda-feira (05.09), Tais Araújo e Lázaro Ramos brilharam com looks Gucci na première de O Roubo da Taça, protagonizado pela atriz. Em sintonia, o casal optou por looks com bordados assinados por Alessandro Michele para a grife italiana. O vestido de Tais pode ser comprado por € 2.500 (cerca de R$ 9.100 reais). 


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Projeto verão: Modelos revelam rotina de exercícios para chegar com tudo na estação

Confira os cuidados com o corpo que as modelos têm antes da chegada do verão (Foto: Marcia Fasoli/Divulgação)Confira os cuidados com o corpo que as modelos têm antes da chegada do verão (Foto: Marcia Fasoli/Divulgação)

Nesta semana um casting poderoso desfilou para uma marca de lingerie, em São Paulo. E, claro, a silhueta das modelos foi o assunto mais comentado da noite. Mas o que elas fazem para estar com o shape em dia antes da chegada do verão? Elas revelam:


Celina Locks: “Faço muito exercício! Funcional, yoga e pilates. E tento me alimentar da forma mais saudável possível.”


Babi di Creddo: “Viajo muito e fica difícil malhar. Mas quando estou em Nova York faço pilates em cama megaformer (aparelho típico do pilates), corro e faço musculação. Tento cuidar mais da alimentação. Não como açúcar refinado e doce, no geral, e também não como carne vermelha… Pra mim o principal é alimentação.”


Renata Kuerten: “Cuido muito da minha alimentação e tomo bastante água, pois é muito importante. No verão, deixo meu treino bem mais intenso. Intercalo o treino de musculação e muay thai com corrida.”


Sheila Baum: “Tenho uma rotina de exercícios diários, com esteira e abdominal. E próximo ao verão ou desfile, ao contrário da maioria, corto o carboidrato e consumo gordura, trata-se da dieta cetogênica. Quando você tira o carboidrato e consome a gordura, o corpo passa a queimar a gordura.”


Vivi Orth: “Procuro fazer drenagem. É a amiga nº 1 da mulher porque desincha e melhora o colágeno. Caminho 40 minutos de manhã, em jejum, e também tomo água morna com limão. Depois que comecei a tomar essa água, além de limpar o organismo, senti que a pele melhorou. Também pratico muay thai e funcional, duas vezes por semana, cada um. À noite sempre faço 30 quilômetros de bicicleta na academia.”


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model


Paris Hilton curte festival ao lado de Cara Delevingne

Cara Delevingne e Paris Hilton no Burning Man (Foto: Instagram)Cara Delevingne e Paris Hilton no Burning Man (Foto: Instagram)

Paris Hilton está curtindo o Burning Man, famoso festival no Black Rock Desert, no Estado americano de Nevada. Fantasiada de She-Ra do deserto, ela está na companhia da top Cara Delevigne. Gostaram do figurino das duas?


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model